13.2. Como configurar o Postfix?

### CL70 e posteriores ###

Este procedimento auxilia nas configurações básicas do postfix, como habilitar relay, como configurar domínios virtuais e como habilitar o acesso pop-3 ao servidor.

Este procedimento assume que sua placa de rede assim como o seu servidor DNS (Servidor de Nomes), estão configurados e funcionando corretamente.

- Primeiro verifique se os pacotes do postifx estão instalados na máquina:

    [root@localhost]# rpm -qa |grep postfix


O resultado deverá ser:

postfix-doc-20010228pl02-6cl linuxconf-postfixconf-1.25r3-24cl postfix-20010228pl02-6cl

Caso não apareça, instale os pacotes: postfix-20010228pl02-6cl

     [root@localhost]# mount /mnt/cdrom


     [root@localhost]# rpm -ivh postfix*


Antes de iniciar o processo de configuração aconselha-se a fazer uma cópia do arquivo original onde serão feitas as alterações, pois se for necessário refazer a configuração desde o início por algum motivo de erro não será preciso reinstalar os pacotes.

Para fazer a cópia do arquivo original utilize o comando:

            [root@localhost root]#cp /etc/postfix/main.cf /tmp

Configurando o Postfix - editando os arquivos

-------------------------------------------------------------

Abra o arquivo de confgiuração, digitando:

     [root@localhost]# mcedit /etc/postfix/main.cf


Os primeiros passos é para configurar o básico do Postfix para que o mesmo inicie:

Na linha "myhostname", substituir pelo nome da maquina/host:

     myhostname = teste.dominio.com.br


Na linha "mydomain", substituir pelo seu domínio:

    mydomain = dominio.com.br


Esta opção especifica como ficará a terminação do e-mail após o símbolo de @, basta descomentar a opção:

myorigin = $mydomain

Agora cadastre o domínio que seu servidor de email é reponsável:

     mydestination = $myhostname, localhost.$mydomain, $mydomain, \
             mail.$mydomain, www.$mydomain, dominio.com.br
          


Caso tenha diversos domínios, pode se informar um arquivo com a listagem de domínios que você possui, coloque os domínios, um seguido do outro separados por vírgula. Não coloque os domínios virtuais nesta parte!

    mydestination = $myhostname, localhost.$mydomain, /etc/postfix/dominios


Informe também qual a rede que seu postfix irá trabalhar:

     mynetworks = 192.168.0.0/16, 127.0.0.0/8


Caso o seu servidor envie menagens como: teste@teste.com.br.teste.com.br insira aentrada abaixo no fim do arquivo main.cf

append_dot_mydomain=no

Salve o arquivo com F2 e saia com F10. Pronto, esse é o básico para que seu servidor de email funcione.

- Configurando Relay no Postfix

------------------------------------------------------------------

Pelo padrão do postfix ele permite relay de e-mails das redes informadas na opção mynetworks, e de seus domínios. Caso seja necessário habilitar o relay de outras redes, basta adicionar as seguintes linhas no final do arquivo de configuração main.cf do postfix:

    [root@localhost]# mcedit /etc/postfix/main.cf


     smtpd_recipient_restrictions = permit_mynetworks
                        check_client_access hash:/etc/postfix/client_access
                        check_relay_domains


Salve o arquivo com F2 e saia com F10, agora crie o arquivo /etc/postfix/client_access

     [root@localhost]# mcedit /etc/postfix/client_access


O arquivo terá a seguinte estrutura:

     
    outros.dominios.com.br OK
    10.0.0 OK
    lamers.com.br REJECT


Salve o arquivo com F2 e saia com F10. E gere o arquivo de mapas de clientes com o comando:

     [root@localhost]#  postmap /etc/postfix/client_access


Outro exemplo, para bloquear apenas uma máquina da nossa rede retire a opção permit_mynetworks, deixando a linha assim:

     smtpd_recipient_restrictions = check_client_access hash:/etc/postfix/client_access
                        check_relay_domains


E coloque no arquivo /etc/postfix/client_access a máquina que se deseja bloquear

Como foi visto, o Postfix, por padrão, permite o relay de e-mails que estão cadastrados como destino final, para permitir relay de outros domínios, basta adicionar o seguinte parâmetro no arquivo main.cf:

      relay_domains = $mydestination, /etc/postfix/relay-domains


Salve o arquivo com F2 e saia com F10, agora crie o arquivo /etc/postfix/relay-domains. O arquivo terá a seguinte estrutura:

      
    # /etc/postfix/relay-domains
    outro-dominio.com.br
    dominio-10.com.br


- Usando aliases

---------------------------------------------------------------------------

Muitas vezes queremos que um usuário receba emails com outro nome, para administração do servidor, para usar aliases edite o arquivo main.cf :

     [root@localhost]# mcedit /etc/postfix/main.cf


e descomente a liha:

       alias_maps = hash:/etc/aliases


Salve o arquivo com F2 e saia com F10, agora crie o arquivo /etc/aliases:

    [root@localhost]# mcedit /etc/aliases


A estrutura do arquivo é a seguinte:

    # apelido usuário real
    admin  joao,jose,manuel


Este exemplo informa ao postfix que ao receber uma mensagem para admin@dominio.com.br deverá enviar o mesmo para o joao,jose,manuel. Salve o arquivo com F2 e saia com F10, e crie o mapa de aliases com o comando:

    [root@localhost]# postalias /etc/aliases


- Configurando Domínios Virtuais de E-mails

------------------------------------------------------------------

Na configuração do postfix, os domínios virtuais só funcionam para usuários cadastrados neste domínio, ao contrário de outros servidores de email que basta ter o usuário cadastrado no sistema.

Inclua os domínios virtuais no arquivo /etc/postfix/virtual, para isso edite o arquivo :

     [root@localhost]# mcedit /etc/postfix/virtual


e coloque os domínios virtuais de seu sistema da seguinte forma:

     
    # /etc/postfix/virtual
    virtual.com.br  Emails do domínio virtual
    mala@virtual.com.br jose


OBS- A estrutura do arquivo é simples, a primeira linha informa que o nome do domínio virtual seguido de um comentário qualquer. A segunda linha informa o email do usuário virtual seguido do usuário real.

Salve o arquivo pressionando F2 e sai com F10.

No arquivo main.cf , acrescente no final do arquivo a seguinte linha:

     virtual_maps = hash:/etc/postfix/virtual


Salve, e crie o mapa de domínios com o comando:

     [root@localhost]#  postmap /etc/postfix/virtual


- Configurando o pop-3

------------------------------------------------------------------

CL7.0

Para os usuários receberem os emails pelo seus programas clientes (netscape, outlook, etc..) é necessário descomentar a linha pop-3 do arquivo /etc/inetd.conf:

     [root@localhost]# mcedit /etc/inetd.conf


Procure e descomente a linha:

     pop-3   stream  tcp     nowait  root    /usr/sbin/tcpd ipop3d


Salve o arquivo pressionando F2 e saia com F10.

Reinicie o serviço do inetd:

     [root@localhost]# cds


     [root@localhost]# ./inet stop


     [root@localhost]# ./inet start


CL8

Para os usuários receberem os emails pelo seus programas clientes (netscape, outlook, etc..) é necessário carregar o serviço pop-3:

Verifique se o no arquivo /etc/xinet.d/pop3 a estrutura esta como o exemplo abaixo:

     [root@localhost]# mcedit /etc/xinetd.d/pop3


    service pop-3
    {
            disable = no
            flags       = REUSE
            socket_type = stream
            protocol    = tcp
            wait        = no
            user        = root
            server      = /usr/sbin/ipop3d
    }


Salve o arquivo pressionando F2 e saia com F10.

Inicie o serviço do xinetd:

     [root@localhost]# cds


     [root@localhost]# ./xinet stop


     [root@localhost]# ./xinet start


- Iniciando o Servidor.

-------------------------------------------------------------------------

Após as configurações feitas, inicie seu servidor de email:

     [root@localhost]# cds


     [root@localhost]# ./postfix start


- Verificando erros

-------------------------------------------------------------------------

Acompanhe o arquivo de log para verificar se as mensagens estão sendo enviadas corretamente, pelo comando:

      [root@localhost]# tmm